Postagens nasTags ‘Cuidados’

O nosso bebê pode dormir na nossa cama?

O bebê dormir junto com os pais está se tornando uma prática comum e muito antígua, facilita na hora de amamentar, está prática é criticada por muitos. O que realmente as entidades dizem sobre isso.

Entidades que se dedicam ao estudo da morte súbita do lactente a desaconselham.
A Norte-Americana de Pediatria (AAP), cita os riscos de sufocamento.

A maioria dos médicos não recomenda dividir a cama com o seu bebê se você ou seu parceiro fazem o uso de remédios para dormir, alcool, droga, fumo ou qualquer substância, mesmo que não o faça o uso no quarto, e até pais obesos ou que tenha sono pesado.

Então não posso dormir com o bebê na nossa cama?

Sim pode, com a exceção citada acima, existe sim a possibilidade de ele dormir juntinho com os pais, muitas famílias conseguem. Por isso, se você decidir tentar, saiba quais cuidados terá de tomar:

Nunca deixe o bebê sozinho na cama, mesmo que ele esteja dormindo. Se você não ficar na cama, ponha o bebê em um berço ou um local seguro, podendo retornar quando você ir para cama dormir ou para sonecas durante o dia.

Sempre procure deixar o bebê dormir de barriga para cima ou de lado (apoiar os lado e também tomar cuidado para que ele não vire ou encoste em algo que possa sufocá-lo).

Os pais devem tomar cuidado com pijamas e camisolas, pois podem ter cordões ou fitas, nunca use joias ou bijuterias na cama.

Criança mais velha não deve dormir junto com bebê menores de 1 ano. A criança mais velha pode machucar o bebê durante o sono.

Nunca deixe que animais frequentem a cama em que o bebê dorme.

Sempre utilize colchão firme e plano, cuidado com edredons, tudo para evitar que o bebê se sufoque ou escorregue e caia.

Se a cama for alta, tome cuidado redobrado ou pense muito antes de tentar esta opção. Caso queira pode utilizar o colchão no chão temporariamente.

Sempre verifique a cama e ao redor do colchão para ver se não há objetos ou vãos em que a criança pode cair e ficar presa (entre a cabeceira e o colchão, ou entre a cama e a parede). Se houver vãos, preencha-os com edredons ou toalhas enroladas.

Tome cuidado com objetos perto da cama, como produtos de beleza em cima da cômoda, abajures, fios ou cordas de persianas.

Nunca deixe o bebê ficar com o rosto enfiado em travesseiros, edredons e cobertores. Verifique o lençol se esta bem presa e firme.

Cuidado com agasalhos da criança. Lembre-se que o bebê terá o calor humano dos pais, então a cama estará muito mais quente do que se estivesse sozinho no berço.

É a opção certa para sua família?

Vínculo com o bebê

Com a vida de hoje em dia em que o casal trabalha, passar horas bem juntinhas na cama pode ser uma maneira de se conectar mais ao bebê, depois de um longo dia de separação. Em muitos casos, os pais sentem que é uma forma especial de se aproximarem do filho, já que eles não têm a mesma ligação física que as mães que amamentam o bebê.

Amamentar durante a noite

As mães gostam dos filhos na própria cama por ser mais prático amamentar o bebê quando ele já está perto.

Porém pode observar que esta proximidade faz com o que a criança acabe acordando com mais frequência para mamar.
Tenha em mente também que poderá ser mais difícil dar um fim às mamadas noturnas do seu filho se ele estiver na sua cama. No caso de bebês amamentados no peito, pode ser ainda mais complicado, porque eles sentem o cheiro do leite da mãe, e muitos acabam desenvolvendo o hábito de acordar toda hora durante a noite para mamar, mesmo após já terem perdido a necessidade física de fazer isso.

Intimidade do casal

Para alguns casais, a presença do bebê na cama torna mais difícil encontrar tempo para momentos de intimidade e sexo. Outros, porém, acreditam que isso os força a ser mais criativos na busca de soluções para ficarem sós.

Se o seu filho dormir na sua cama, é bem provável que você precise planejar a hora de estar a sós com seu parceiro, em vez de esperar que ela aconteça espontaneamente. Dependendo da forma como você esteja se sentindo, isso pode ser um peso ou uma diversão.

De qualquer maneira, a decisão de levar o bebê para dormir na cama dos pais precisa ser conjunta do casal, para que não haja risco de afetar a relação de vocês dois.

Cadastra-se
Fotos de Bebê
Ultimos Bebês
sobrinhos Guilherme Gabriel sem camisa Gabriel